O Estado dos Museus _Arqa 102 (Maio-Junho 2012)

A museificação da paisagem cultural, a vaga de museus nascidos a nível global para modernizar países e regiões por intermédio da arte contemporânea, regenerar as cidades e contribuir para um turismo prometedor em termos de receitas, se em alguns casos foi extraordinariamente positiva porque havia falta de infraestruturas, revelou-se o fracasso de um modelo de museu associado ao turismo.

Publicação: Sandra Vieira Jürgens, «O Estado dos Museus: Sucessos e fracassos do turismo cultural». In: Arq./a – Revista de Arquitectura e Arte, nº 102 (Maio/Junho 2012), pp. 86-89.

Anúncios

Site no WordPress.com.