A Condição Digital_ Arqa 106 (março-abril 2013)

Na criação artística a passagem da era analógica para a digital significou uma ampla transformação das ferramentas de produção disponíveis, sendo que nem todas elas são evidentes. Temos ao nosso dispor novos aparelhos digitais, novas formas artísticas, como a net art e a arte digital, que constituem apenas a parte mais visível da mudança de cenário tecnológico no universo artístico.

Publicação: Sandra Vieira Jürgens, «A Condição Digital». In: Arq./a – Revista de Arquitectura e Arte,  nº 106 (Março/Abril 2013), pp. 86-87.

Anúncios

Ciclo de conferências_A imagem contextualizada: entender a fotografia


Imagem contextualizada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais do que uma Imagem
Arquivo Municipal de Lisboa_Fotográfico: 16 ABR, 18h30

Apesar do desenvolvimento de discursos estéticos diversificados, reconhecemos condições comuns nos principais paradigmas e referências que coabitam na cultura fotográfica da atualidade. Pensemos no lugar privilegiado da apropriação, da narrativa, na serialidade e na crítica à primazia da imagem individual, no domínio projetual e na consolidação do conceito de investigação artística, que hoje tanto remete para o processo criativo como para o registo documental ou para a especulação teórica. Serão estas novas formas de ver e pensar a prática fotográfica?

Site no WordPress.com.