ARQ./A 116 (novembro-dezembro 2014)

2_gsb_alys_francis_study

Colapsos e alvos em movimento
Práticas críticas sobre as cidades contemporâneas

Sendo muitas as hipóteses de abordagem ao tema das dinâmicas e das mobilidades expandidas na arte contemporânea e vários os pontos de reflexão – a mobilidade profissional e geográfica empreendida pelos criadores, agentes e instituições culturais, as experiências de emigração e as residências artísticas que oferecem aos criadores pontes entre realidades locais e globais –, tentarei retratar a obra de alguns artistas que nos fazem experimentar a mobilidade na paisagem e contexto urbanos através de diferentes práticas artísticas, promovendo e incentivando reflexões críticas sobre os aspectos mais característicos do planeamento e desenho das cidades contemporâneas.

>>> Jürgens, Sandra Vieira, «Colapsos e alvos em movimento: Práticas críticas sobre as cidades contemporâneas» in arq./a – Revista de Arquitectura e Arte, nº 116 (Novembro-Dezembro 2014), pp. 124-127.

Foto: Francis Alÿs, estudo para Lada “Kopeika” Project. Bruxelas—São Petersburgo, 2014. Cortesia do artista e da David Zwirner Gallery. MANIFESTA 10, São Petersburgo.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: