O Viajante. Sobre a obra de Pedro Cabral Santo


(Original: Sandra Vieira Jürgens, «O Viajante», Pedro Cabral Santo, Festival Internacional de Arte Vídeo, 2003).


“La monumentalité et la miniaturisation sont des états provisoires d’un object qui devient ainsi critique: ces deux états permettent d’analyser une situation, un moment de l’Histoire.”                                                                            Chris Burden[i]

 

O mundo torna-se infinitamente mais pequeno. É precisamente esta a visão que se exprime com uma força impressionante nas obras de Pedro Cabral Santo. O plano da miniatura, a redução e as diferenças de volume e de tamanho dos corpos surgem no seu trabalho carregadas de um valor plástico, emocional e crítico, adquirindo uma importância considerável na tradução de uma maneira de compreender e representar o «quadro do mundo». Associado a esta escala de referência está ainda a monumentalidade e a grandiosidade acrescida dos objectos que consagra quer à representação do património estético e cultural da admiração humana como aos símbolos do poder e força da sua acção no micro e macrocosmo. Manifesto o desejo de apreender aspectos essenciais da intervenção e da ordem terrena, há ainda lugar para o pessimismo histórico. Perspectiva partilhada e não superada pela consciência extra-humana dos audaciosos de Coragem, o mundo vai acabar (1993-2003) e pelo pacato viajante extra-terrestre de The Superabbit (your moments, your music), 2002. Um coelho sensível, de gosto educado e detentor de uma alta sensibilidade artística e cívica que na sua viagem ao planeta terra não deixa de insistir na tese do grande amigo, T.S. Eliot, e advertir os humanos sobre o horizonte e os destinos da cultura humana[ii].


[i] Pascale Cassagnau, “Chris Burden: Les turbulences du réel”, Omnibus, nº 14, Outubro 1995, pag. 6.

[ii] T.S.Eliot, “Os três sentidos de «cultura»”, in Ensaios Escolhidos, Lisboa, Cotovia, 1996, pp. 117-127.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: