FRANCISCO QUEIRÓS_Squatters_Serralves


(Original: Sandra Vieira Jürgens, «Francisco Queirós – How could I miss you?», Squatters/Ocupações, co-produção da Fundação de Serralves, Sociedade Porto 2001-Capital Europeia da Cultura, Centro de Arte Contemporânea Witte de With, 2001).

 

Sempre presentes na obra de Francisco Queirós, as personagens do mundo infantil existem para protagonizar actos de explícita violência simbólica. Assim acontecia em peças como Friezenwall #1 (v.1.2 – the forest)(2000) e Friezenwall #3 (v.3.2 – 100  acre hood swimming` hole playset) (2000), onde a partir de um universo que encontra a sua  referência primordial na experiência dos videogames, mimetizava com especial ênfase os movimentos estilizados e as acções mecânicas das figuras, sublinhando a agressividade dos comportamentos retratados. Em How could I miss you? (2001) Francisco Queirós trabalha também com dispositivos de manipulação da imagem, desta vez apropriando-se de efeitos próximos do universo tradicional da animação.

Continuar a ler: FRANCISCOQUEIROS_SQUATTERS


Anúncios

Os comentários estão fechados.

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: